Ode a Diversidade: Basta existir para se ser completo.

“A espantosa realidade das coisas 
É a minha descoberta de todos os dias.

Cada coisa é o que é,

E é difícil explicar a alguém quanto isso me alegra, 

E quanto isso me basta.

Basta existir para se ser completo.”
Fernando Pessoa (Alberto Caeiro)
(em “Poesia Completa de Alberto Caeiro”)

One thought on “Ode a Diversidade: Basta existir para se ser completo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *